Nerdizmo

CODA | Crítica: Um maravilhoso filme que é muito mais do que aparenta

A bela jornada de uma adolescente que cresceu em uma família de surdos

CODA | Crítica: Um maravilhoso filme que é muito mais do que aparenta

O filme CODA é uma magnífica produção que pode ser denominada como uma obra de arte. Um longa metragem que, à primeira vista, parece previsível. A gente acha que vai ter tudo o que já vimos muitas vezes: adolescência, conflitos familiares e a vida embalada por canções.

Em poucos minutos de filme, porém, as coisas se mostram completamente diferentes. E cativantes.

CODA prende do começo ao fim como uma obra que aquece o coração. Com um ritmo delicioso de assistir, a produção entrega assuntos importantes com uma leveza impressionante.

Tudo isso porque não só os atores são excelentes, mas também a direção e roteiro fazem um trabalho primoroso ao nos entregar a história de uma garota que cresce em uma família de surdos.

CODA | Crítica: Um maravilhoso filme que é muito mais do que aparenta

Aqueles lances que a gente já conhece em filmes sobre adolescência, amor, família, são inseridos em um cenário novo. E de forma inovadora. A gente começa o filme gargalhando e no final tá com o coração apertado de simplesmente se sentir parte dessa família maravilhosa.

A trama gira em torno da vida de uma menina adolescente tenta encaixar sua vida ajudando a família ao trabalhar em barcos de pesca. Ela se vê entre decisões difíceis e se questiona se deve seguir os seus sonhos na música na cidade grande ou se fica e dá apoio aos pais e irmão.

Em meio de tudo isso, ela lida com a insegurança, bullying e os desafios que uma adolescente diferente passa nessa etapa da vida.

Durante a narrativa, a gente se vê também preso nessas dúvidas, especialmente porque (quase) todos os personagens do filme são amáveis.

Em destaque para sua família, com um pai e mãe apaixonados e um irmão mais velho que tem o ímpeto e quer a abraçar responsabilidade de cuidar de todo mundo a todo momento.

CODA | Crítica: Um maravilhoso filme que é muito mais do que aparenta

O mais impressionante é que o filme não dá muita bola para as coisas ruins, como a chacota das outras crianças, a insegurança ou pontos negativos dessa dura etapa da vida. Mas sim, dá importância para a garra, coragem e vontade de crescer da protagonista.

Isso, claro, embalado por um excelente professor de música, que faz toda a diferença na vida dela, ao tirar de seu peito e do fundos das entranhas o talento que ela tem para a arte.

CODA é uma adaptação do filme francês La Famille Bélier. O que muda do original não é propriamente a história, mas o elenco.

Desta vez, a família é presentada por atores que realmente são surdos. E isso faz toda a diferença e dá um tom de autenticidade para a obra.

A química que os atores exalam no filme nos faz acreditar que aquela é uma família real. Nos transporta para dentro daquela história. E a gente sente as emoções, as alegrias, esperanças e dores junto com eles.

Não existe forma de não se emocionar, ou se sentir bem ao acompanhar este incrível filme.

CODA | Crítica: Um maravilhoso filme que é muito mais do que aparenta

Esta disponível na Apple TV+.

##

Veja também:

The Enormity of Life | Crítica: A beleza de um filme com camadas de profundidade

Pig | Crítica: Nicholas Cage brilha em filme estranho, mas excelente

A Nuvem | Crítica: Gafanhotos e terror psicológico em um filme diferente, e ótimo

E mais críticas de filmes! Tudo SEM SPOILERS!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Star Wars: Galactic Cruiser, o hotel-passeio da Disney 5 Jogos em Pixel Art para Acompanhar Confira a crítica do filme Inititation Melhores Filmes de Suspense tensos e com reviravoltas Novos Jogos de Construção de Cidades para Acompanhar