Nerdizmo

Os sapatos contra assediadores da Itália de 1955

Uma moda que poderia pegar nos dias de hoje

Os sapatos contra assediadores da Itália de 1955

Esses sapatos contra assediadores que surgiram como um design na Itália, em 1955, serviria bem para muitas mulheres dos dias de hoje.

Chamados de “Sapatos de Defesa”, completos com esporas na parte da frente e nos saltos para afastar as pragas sexuais, foram projetados por um sapateiro romano para proteger as meninas da rua.

Na época, a polícia era chamada por essas mulheres que eram assediadas como “papagaios” – porque as meninas diziam que eles repetiam a mesma frase idiota o tempo todo.

Avaliações dos sapatos sugeriram que tal garota estaria “exibindo publicamente sua vaidade… que sua própria boa aparência encorajaria a perseguição” e que um menino sábio daria à garota espaço e distância não por ela usar os sapatos, mas “por causa da evidência inconfundível de esporas no coração e provavelmente a língua” dessas mulheres.

Na realidade, os “Sapatos de Defesa” não pegou como moda feminina. Talvez por causa de críticas negativas na imprensa, que claramente foi extremamente machista fez pouco caso em relação às situações de assédio sexual.

Se nem a polícia ligava tanto para isso, quem diria o público em geral. Quem sabe se fossem lançados novamente nos dias de hoje, a moda poderia pegar melhor, não é mesmo?

Os sapatos contra assediadores

Veja mais sobre curiosidades!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Tags:
Novos Jogos de Construção de Cidades para Acompanhar Casas na caverna estilo toca de Hobbit 5 lições que aprendemos com o Professor Polvo Star Wars: the Bad Batch ganha pôster