Nerdizmo

Laboratório subterrâneo mais profundo e extenso do mundo vai estudar matéria escura

Laboratório subterrâneo mais profundo e extenso do mundo vai estudar matéria escura

A Instalação de Pesquisas de Física de Fronteira da China para Experimentos de Física Profunda e Baixa Radiação (DURF), localizada sob a Montanha Jinping, na Prefeitura Autônoma Yi de Liangshan, em Sichuan, é agora o laboratório subterrâneo mais profundo e extenso do mundo.

A 2.400 metros de profundidade, este laboratório de física será utilizado por pesquisadores para estudar a substância invisível conhecida como matéria escura.

Sua extrema profundidade ajuda a bloquear a maioria dos raios cósmicos que normalmente perturbariam as observações.

A instalação também abrigará várias disciplinas, incluindo física de partículas, astrofísica nuclear e ciências da vida.

“A 2.400 metros de profundidade, este laboratório de física será utilizado por pesquisadores para estudar a substância invisível conhecida como matéria escura. Sua extrema profundidade ajuda a bloquear a maioria dos raios cósmicos que normalmente perturbariam as observações. A instalação também abrigará várias disciplinas, incluindo física de partículas, astrofísica nuclear e ciências da vida.”

O vídeo mais abaixo mostra o local.

O que é matéria escura?

A matéria escura é uma forma de matéria hipotética que compõe a maior parte da massa do universo, mas não emite, absorve ou reflete luz, tornando-a essencialmente invisível e indetectável por meios tradicionais de observação. Sua existência é inferida a partir dos efeitos gravitacionais observados em galáxias e aglomerados de galáxias, que são mais pronunciados do que o esperado com base na quantidade de matéria visível (como estrelas, planetas e gás). Apesar de sua influência significativa no cosmos, a natureza exata da matéria escura ainda é desconhecida, e os cientistas estão envolvidos em pesquisas intensivas para entender melhor suas propriedades e características.

O laboratório subterrâneo mais profundo e extenso do mundo

Veja mais sobre tecnologia!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments