Nerdizmo

Criador da série Alien comenta sobre momento na franquia que inspirou o seriado

Ainda não há data de previsão para estrear

Criador da série Alien comenta sobre momento na franquia que inspirou o seriado
  • Série terá ambientação na Terra, diferente de todas as outras produções da franquia
  • História abordará não só os aliens, mas também a inteligência artificial

Noah Hawley, criador do seriado Fargo, trabalha no desenvolvimento da série Alien, inspirada na famosa franquia de filmes de ficção científica.

A história da produção acontece antes de Ripley (a personagem de Sigourney Weaver nos filmes) existir, e é a primeira história que se passa na franquia Alien na Terra.

Também foi revelado que será ambientada no final deste século em que estamos – daqui a cerca de 70 anos.

O projeto promete ser uma combinação do horror do primeiro filme com a ação incessante do segundo, e ser uma emocionante montanha-russa assustadora que fará as pessoas se agarrarem às cadeiras, segundo a produção.

Hawley recentemente participou de um painel no Festival de Cinema de Austin e compartilhou algumas informações adicionais sobre a série que está fazendo, e também revelou o momento chave na franquia que inspirou sua história.

Diretor fala sobre sua abordagem na série Alien

Ao falar sobre contar uma história de Alien como uma série, ele disse:

“Olha, num filme de duas horas, você pode preparar o cenário e depois é apenas sobre ‘eles vão sobreviver?’ Mas se você está fazendo uma série, ‘eles vão sobreviver?’, você não pode sustentar isso. Mesmo que você tenha 60% do melhor horror de ação na televisão, você ainda tem 40% de ‘sobre o que estamos falando?’ Eu tive algumas conversas no início com Peter Rice, que costumava cuidar de toda a televisão na Fox e depois nos primeiros anos na Disney, onde foi algo como, ‘A coisa com Alien é que sempre está presa numa nave espacial, presa numa prisão. E se não fosse assim?'” Ele continuou falando sobre trazer os xenomorfos para a Terra, dizendo: “Qual é este momento na Terra, tecnologicamente? E onde estamos? E a questão que a ficção científica sempre tende a fazer é: a humanidade merece sobreviver? Então, isso parece ser uma pergunta realmente interessante para continuar a explorar.”

A série também vai explorar a inteligência artificial no universo, o que sempre foi proeminente na franquia Alien com os androides avançados. Hawley revela que foi na verdade o androide Ash (Ian Holm) do filme original que inspirou a série.

Ele explicou que o momento em que é revelado que Ash é um androide é o momento-chave que inspirou sua produção. Hawley então falou sobre a estrutura da série, dizendo:

“E depois sempre imita o ciclo de vida da criatura, certo? Que é ovo, lento, Facehugger, e começa a ficar mais rápido – você entende o que eu quero dizer? E é claro, isso é ótimo para um filme de terror se desenvolver dessa forma. Então, encontrei uma maneira de inovar em torno dessa estrutura e brincar com ela.”

Hawley falou anteriormente sobre a série, dizendo: “É sobre como estamos presos entre o passado primordial e a inteligência artificial do nosso futuro, onde ambos estão tentando nos matar. É ambientado na Terra do futuro. Neste momento, descrevo-o como Edison versus Westinghouse versus Tesla. Alguém vai monopolizar a eletricidade. Só não sabemos qual é.”

Ele continuou, “É uma história ambientada na Terra também. As histórias de Alien estão sempre presas… Presas numa prisão, presas numa nave espacial. Eu achei que seria interessante abrir um pouco para que as apostas de ‘O que acontece se você não puder contê-lo?’ fossem mais imediatas.”

Pela conversa, parece mesmo que a série será algo diferente do que estamos acostumados a ver em relação aos xenomorfos.

Veja mais sobre séries e TV!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Tags:
Categorias:
Séries e TV
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments