Nerdizmo

A série Alien de Noah Hawley é descrita como ‘muito diferente, mas muito emocionante’ pelo protagonista

A série Alien de Noah Hawley é descrita como 'muito diferente, mas muito emocionante' pelo protagonista

Certamente estamos muito curiosos em relação a nova série Alien, que deve estrear na FX em breve. Noah Hawley é um escritor e produtor que trabalhou em diversos projetos legais, como Legião e Fargo.

Durante uma entrevista recente ao THR, o protagonista da série, David Rysdahl, sugeriu que a produção será algo muito diferente. Ele explicou:

“Noah, de maneira semelhante a Fargo, pega o filme e pergunta: ‘Qual é o DNA disso? Qual é a perspectiva mundial? Que temas estamos abordando? Qual era a intenção original deste filme? Deixe-me ver se posso brincar com isso de uma maneira nova. Então ele está fazendo um trabalho realmente interessante nisso com Alien, e será uma visão muito diferente, mas muito emocionante do que o filme original era.”

Hawley falou anteriormente sobre sua visão para a série e o tom que ele está buscando. Ele procura replicar o tom geral e a experiência da franquia Alien, mas é uma história diferente:

“A realidade é que, quando você chega a isso, existem três marcas de ficção científica – Star Trek, Star Wars e Alien – e cada uma tem uma aparência completamente única. Você nunca confundiria Star Trek com Alien, ou Star Wars com Star Trek. Quando começamos Fargo, eu me senti liberado porque pensei: ‘Bem, esta é uma ideia terrível tentar fazer uma série chamada Fargo que seja adjacente ao filme, mas não tenha nada a ver com o filme, que três pessoas assistirão e duas odiarão.’ Em algum nível, senti que estava liberado para dar o meu melhor e realmente ir com tudo. Não ia jogar com segurança. Desde então, eu ia fazer um filme de Star Trek, e tenho conversado com a FX sobre Alien há muitos anos. Ganhei confiança no meu processo e nessa ideia. Tudo o que faço é voltar ao filme Fargo, ou ao filme Alien, e penso: ‘Bem, o que eu senti enquanto assistia?’ E então, tento criar esses sentimentos na plateia contando uma história completamente diferente, mas não é realmente sobre ‘Quais são os elementos do filme que eu preciso?’, ou ‘Eles tinham um vendedor de carros, e eu terei um vendedor de seguros’.”

A história da série se passa antes de Ripley, interpretada por Sigourney Weaver no filme. É a primeira história que ocorre na franquia Alien na Terra.

Também foi revelado que será ambientada “perto do final deste século em que estamos – então, cerca de 70 anos a partir de agora.”

O projeto combinará “o horror atemporal do primeiro filme Alien com a ação ininterrupta do segundo, será uma montanha-russa assustadora que vai deixar as pessoas boquiabertas em seus assentos”.

Hawley falou anteriormente sobre o projeto, dizendo: “É sobre como estamos presos entre o passado primordial e a inteligência artificial do nosso futuro, onde ambos estão tentando nos matar. É ambientado na Terra do futuro. Neste momento, eu descrevo isso como Edison versus Westinghouse versus Tesla. Alguém vai monopolizar a eletricidade. Só não sabemos qual é.” Ele continuou compartilhando: “É uma história também ambientada na Terra. As histórias de alienígenas estão sempre presas… Presas em uma prisão, presas em uma nave espacial. Eu pensei que seria interessante abrir um pouco isso para que as apostas de ‘O que acontece se você não puder conter isso?’ fossem mais imediatas.”

A série também conta com Sydney Chandler, Alex Lawther (The End of the F*cking World) como o protagonista masculino, um soldado chamado CJ, com Samuel Blenkin (Black Mirror) como outro personagem principal chamado Boy Kavalier, um CEO. Outros membros do elenco incluem Essie Davis (Miss Fisher’s Murder Mysteries) como Dame Silvia, Timothy Olyphant e Adarsh Gourav (The White Tiger) como Slightly.

A produção da série está programada para ser retomada no início de 2024.

Veja mais sobre séries e TV!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Tags:
Categorias:
Séries e TV
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments