Nerdizmo

As parábolas O Mito da Caverna e Diante da Lei em animações

Parábolas de Platão e Franz Kafka ainda foram narradas por Orson Welles

As parábolas O Mito da Caverna e Diante da Lei em animações

Em 1962 e 1976, Orson Welles encomendou animações das parábolas O Mito da Caverna de Platão e Diante da Lei, de Franz Kafka, as quais foram narradas por ele.

A Alegoria da Caverna faz parte da obra mais complexa de Platão, “A República” (514a-517c), que discorre sobre o conhecimento verdadeiro e o governo político.

Nela, o filósofo grego supõe um cenário onde pessoas estão presas em uma caverna. Acorrentados de frente para a parede, eles só conhecem da realidade o que veem das sombras do que acontece lá fora, projetadas pela fogueira. Para essas pessoas, a verdade seria literalmente nada além do que as sombras das imagens.

A animação do Mito da Caverna foi criada pelo artista Dick Oden. A voz ressonante de Orson Welles narra o que aconteceria se uma dessas pessoas saísse da caverna.

“Ele ficaria deslumbrado demais para ver claramente aquelas coisas cujas sombras ele já vira antes, mas, ao se aproximar da realidade, ele tem uma visão mais clara. Ainda assim, ele não ficará perplexo? Ele não pensará que as sombras que viu anteriormente são mais verdadeiras do que os objetos que agora lhe são mostrados? E, se trazido para fora da caverna para experimentar a realidade por completo, ele não teria pena de seus antigos companheiros de caverna? Ele não diria, com Homero, melhor ser o pobre servo de um pobre mestre e suportar qualquer coisa, em vez de pensar como eles e viver como eles?”

A animação de Diante da Lei, de Franz Kafka, foi criada por Alexander Alexeieff.

Nela, o autor considera a lei como um edifício. Diante desse edifício está um guarda. Um homem do campo chega e pede para entrar na Lei. Mas o guarda diz que não pode, por enquanto, autorizar sua entrada. Então, o homem aguarda sua entrada ser admitida na Lei até a velhice, quando o guarda então diz: “Ninguém mais além de você poderia ter sido admitido. Esta porta foi planejada apenas para você! E, agora, eu vou fechá-la”.

Diante da Lei descreve uma situação terrivelmente absurda, na mais característica abordagem kafkiana, que sempre imaginava a dignidade de um indivíduo diante de burocracias intransigentes, obstáculos impostos por regras sociais e sistemas judiciários incompreensíveis, em cenários absurdos.

O conto foi escrito volta de 1915, e como toda obra de Kafka, se mostra assustadoramente atual.

Você pode ler as parábolas O Mito da Caverna e Diante da Lei online, gratuitamente. Mas também vale a pena conferir as animações narradas por Orson Welles, um dos maiores nomes do cinema.

As parábolas O Mito da Caverna e Diante da Lei em animações

O Mito da Caverna

Diante da Lei

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Star Wars: Galactic Cruiser, o hotel-passeio da Disney 5 Jogos em Pixel Art para Acompanhar Confira a crítica do filme Inititation Melhores Filmes de Suspense tensos e com reviravoltas Novos Jogos de Construção de Cidades para Acompanhar