Nerdizmo

50+ Filmes com protagonismo negro

50+ Filmes com protagonismo negro

Listamos filmes com protagonismo negro para que você conheça produções que invertem o jogo de uma Hollywood que foi predominantemente branca durante tantas décadas. Os filmes selecionados apresentam elencos formados exclusivamente por atores negros, ou são produzidos e dirigidos por negros.

Aqui, a visibilidade preta ganha destaque. Os negros saem dos papéis secundários e assumem o papel principal.

São filmes que empurram os limites do cinema negro para os gêneros de super-herói, drama, suspense, ficção científica, comédia e terror – muitos deles inclusive são sintomas de uma realidade ainda permeada de preconceitos, violências e barreiras raciais, que Jordan Peele denuncia através de um subgênero próprio do cinema: o terror social.

O mais importante de tudo, é que muitos dos filmes tratam de problemáticas raciais sob a perspectiva de quem viveu na pele.

Confira a lista abaixo e celebre os melhores filmes negros dos últimos 30 anos, embora o cinema ainda tenha um grande espaço a ser ocupado.

50+ Filmes com protagonismo negro

Caixa Preta (Black Box, 2020)

Filmes com protagonismo negro

Nesta ficção científica, que funcionaria muito bem como um episódio de Black Mirror, um pai solteiro, que está lutando para recuperar a memória após sofrer um acidente, participa de um experimento médico agonizante.

Spell (2020)

Filmes com protagonismo negro

Neste terror com toques de A Chave Mestra, um homem e sua família sofrem um acidente na área rural dos Apalaches e acorda no sótão de uma mulher que pratica magia negra. Refém, ele tenta se libertar para encontrar sua família antes da Lua de Sangue, quando ocorrerá um ritual bizarro.

Bem-vindo a Marly-Gomont (The African Doctor, 2016)

Filmes com protagonismo negro

Nesta comédia francesa, o humor é um recurso de denúncia racial. Em 1975, um médico que acabou de se formar no Congo, decide partir para uma pequena aldeia francesa, onde conseguiu uma imperdível oportunidade de trabalho. Porém, chegando lá, ele e sua família vão encontrar inúmeras culturais para vencer.

Um limite entre nós (Fences, 2016)

Filmes com protagonismo negro

Baseado em uma peça de teatro, um jogador de beisebol aposentado, que sonhava ser uma grande estrela do esporte durante sua infância, agora trabalha como coletor de lixo para sobreviver. A esposa e os filhos encontram dificuldades de ultrapassar as barreiras emocionais que o homem construiu em torno de si.

As Ondas (Waves, 2019)

Filmes com protagonismo negro

O drama acompanha uma família afro-americana do subúrbio da Flórida que precisa lidar com os altos e baixos de uma trágica perda, que os afeta profundamente. A vida de todos é impactada tragicamente e as dinâmicas de suas histórias mergulham por sentimentos como perdão, amor e união.  

Luce (2019)

Filmes com protagonismo negro

Neste importante filme sobre identidade, Luce Edgar é um jovem brilhante. Além de ser muito estudioso, é campeão em debates e também é um excelente atleta. O menino é o orgulho de seus pais adotivos. No entanto, sua professora descobre um artigo político escrito por ele que revela traços obscuros de sua personalidade. O evento desdobra uma série de situações negativas na vida de todos os envolvidos.

A Escolhida (Antebellum, 2020)

Filmes com protagonismo negro

Veronica Henley é uma escritora bem-sucedida, que se vê presa em dois períodos diferentes: os dias atuais e o Antebellum, a era das plantações no sul. Nesta realidade horrível, ela é forçada a enfrentar o passado para desvendar o mistério por trás desses acontecimentos.  

Infiltrados na Klan (BlacKkKlansman, 2018)

Filmes com protagonismo negro

Em 1978, um policial negro do Colorado conseguiu se infiltrar na Klu Klux Klan local, em uma investigação. Com a intenção de sabotar uma série de linchamentos e outros crimes de ódio orquestrados pelos racistas, o homem passou a se comunicar com os membros do grupo através de telefonemas e cartas e, dois meses depois, se tornou o líder da seita.

Selma – Uma Luta pela Igualdade (2015)

Filmes com protagonismo negro

Esta cinebiografia retrata a história de Martin Luther King, importante ativista social que organizou marchas históricas com manifestantes pacifistas em 1965. As manifestações aconteceram entre a cidade de Selma, no interior do Alabama, até a capital do estado, Montgomery, em busca de direitos eleitorais iguais para a comunidade afro-americana.

A Cor Púrpura (The Color Purple, 1985)

Baseado em um livro de mesmo nome, o filme acompanha os 40 anos da vida de Celie, uma mulher afro-americana que mora no Sul e que sobreviveu ao abuso e à intolerância de seu pai. Muito solitária, ela busca companhia em qualquer lugar e sonha em reencontrar sua irmã Nettie, que é missionária na África. Como forma de alívio, ela começa a compartilhar suas tristezas em cartas destinadas à Deus.

12 Anos de Escravidão (12 Years a Slave, 2013)

A trama se concentra em torno de Solomon Northup, um homem negro livre que é sequestrado e vendido como escravo nos EUA antes da Guerra Civil. O filme acompanha 12 anos de humilhações físicas e emocionais sofridas pelo protagonista, que luta pela sobrevivência e aguarda sua libertação.

O Mordomo da Casa Branca (The Butler, 2013)

Cecil viveu a escravidão e depois trabalhou como mordomo da Casa Branca, onde testemunhou os acontecimentos que mudaram o rumo da nação durante oito mandatos presidenciais. Enquanto isso, ele luta para manter sua vida pessoal em uma sociedade turbulenta.

Preciosa – Uma História de Esperança (Precious, 2009)

Filmes com protagonismo negro

Claireece Preciosa tem 16 anos e está gravida pela segunda vez de seu próprio pai. Ela não sabe ler nem escrever e sofre abuso constante nas mãos de sua mãe. Quando a menina é transferida para uma escola alternativa, vê uma nova oportunidade de vida a sua frente: enfrentar a opressão e caminhar para a autodeterminação.  

Histórias Cruzadas (The Help, 2012)

Em uma pequena cidade do Mississipi, nos anos 60, uma garota da sociedade está determinada a se tornar escritora. Assim, ela começa a entrevistas as mulheres negras da cidade, que deixaram suas vidas pessoais para trabalhar na criação dos filhos da elite branca.

Doce País (Sweet Country, 2017)

Faroeste incomum ambientado em 1929 é um retrato sociopolítico da Austrália, e escancara antigas feridas aborígenes. O filme gira em torno de Sam Kelly, um aborígene de meia-idade que se salvou da escravidão e vive livre com o dono de uma fazenda. Entretanto, Sam precisa lutar contra o ódio e intolerância da população que não aceita sua liberdade. O filme de nome irônico, assusta ao dialogar com temas tão atuais.

Beasts of No Nation (2015)

50+ Filmes com protagonismo negro

Quando uma cidade africana é atingida pela guerra, Agu é transformado em soldado e enviado para lutar na guerra civil da África do Sul, instruído por um grande comandante.

Harriet (2019)

Longa acompanha a figura histórica Harriet Tubman, uma ativista política que, durante a Guerra Civil americana, ajudou centenas de escravos a fugirem do sul dos Estados Unidos, logo depois que ela mesma conseguiu escapar da escravidão, em 1849. As ações de Harriet contribuíram de forma significativa para que a história tomasse um novo direcionamento.

Moonlight: Sob a Luz do Luar (2016)

Este longa sensível acompanha a jornada de autoconhecimento de Black, enquanto ele tenta escapar do caminho fácil da criminalidade e do mundo das drogas em Miami. O homem sonha com um futuro melhor e encontra amor em locais inesperados.

Mississipi em Chamas (Mississipi Burning, 1988)

Em 1964, dois agentes do FBI investigam a morte de três militantes dos direitos civis. As vítimas moravam em uma pequena cidade onde a segregação divide a população em branco e pretos e a violência racial é constante. A situação se torna cada vez mais difícil, quando as autoridades locais se recusam a cooperar e a comunidade afro-americana tem medo de cooperar.

Pantera Negra (Black Panther, 2018)

É de extrema importância um filme de heróis com uma história preta. Além de contar com um elenco predominantemente negro, o filme também representa a história e cultura africana. O longa acompanha T’Challa, príncipe do reino de Wakanda que, após a morte do pai, retorna a Wakanda para a cerimônia de coroação como rei. Lá, estão reunidas as cinco tribos que compõem o reino, onde também encontrará sua soberania desafiada por um adversário de longa data.

Ray (2004)

O filme acompanha a turbulenta história de Ray Charles, o célebre pianista, cantor e compositor que se tornou uma das personalidades mais emblemáticas do soul, blues e jazz nos anos 50.  

Hotel Ruanda (2004)

Ambientado em 1994, uma época em que conflitos políticos entre hutus e tutsis mataram quase um milhão de ruandenses, filme acompanha um gerente do Hotel des Milles Collines, na capital do país, quando ele toma a decisão corajosa de abrigar sozinho mais de 1.200 refugiados.

Cidade de Deus (2002)

Buscapé é um jovem pobre, negro e muito sensível, que vive em um universo de muita violência na Cidade de Deus, favela no Rio de Janeiro. Com medo de ceder ao mundo do crime, ele decide seguir carreira como fotógrafo. Através de seu olhar sensível, ele analisa o dia a dia da favela onde vive.

Clemency (2019)

Bernardine Williams é administradora de uma prisão, onde foi responsável por conduzir presos ao seu destino final no corredor da morte. Após criar laço afetivo com um homem que será executado, ela entra em crise existencial e tem questionamentos morais a respeito de seu trabalho.

Malcolm X (1992)

Cinebiografia do famoso líder afro-americano Malcolm X, um dos mais importantes militantes afro-americanos na luta contra o racismo nas décadas de 50 e 60.

Mudbound – Lágrimas Sobre o Mississipi (2017)

A tímida Laura e sua família se mudam para uma fazenda no chuvoso delta do Rio Mississipi. Enquanto ela enfrenta dificuldades para se adaptar à vida rural, é confrontada com uma família negra, responsável por ajudar no trabalho pesado com o plantio e a colheita. Assim, um conflito de etnias, gêneros e classes sociais marcam a convivência entre a família McAllan e a família Jackson.  

Estrelas Além do Tempo (Hidden Figures, 2016)

No auge da corrida espacial travada entre EUA e Rússia durante a Guerra Fria, uma equipe de cientistas da NASA, formada exclusivamente por mulheres afro-americanas, provou ser o elemento fundamental que faltava para a vitória dos Estados Unidos.

Queen & Slim (2019)

Durante o primeiro encontro, um casal negro é detido por uma pequena infração de trânsito. O que era parece ser uma abordagem simples da polícia acaba desenrolando eventos catastróficos.

Eu Não Sou Seu Negro (I’m Not Your Negro, 2016)

Neste filme-documentário, o produto Raoul Peck usa o livro inacabado de James Baldwin sobre o racismo nos EUA para examinar as questões raciais contemporâneas, apresentando relatos sobre as vidas e assassinatos dos líderes ativistas Medgar Evers, Malcolm X e Martin Luther King Jr.

As Viúvas (Widows, 2018)

Após um tiroteio, quatro criminosos são mortos durante uma tentativa de assalto em Chicago. Suas viúvas decidem juntar forças e dar seu próprio golpe para garantir um futuro para suas famílias.

A Princesa e o Sapo (The Princess and The Frog, 2009)

Tiana é trabalhadora e ambiciosa, e sonha em abrir o seu próprio restaurante em Nova Orleans. Seus planos tomam um rumo diferente quando ela conhece o príncipe Naveen, que foi transformado em um sapo pelo maldoso Dr. Facilier.

Se a Rua Beale Falasse (If Beale Street Could Talk, 2018)

Neste romance, Tish está grávida e luta para livrar seu marido da prisão, acusado injustamente de um crime, a tempo de tê-lo em casa para o nascimento de seu bebê.  

Corra! (Get Out, 2017)

Grande surpresa no gênero para o ano de 2017. Este filme conta a história de um rapaz que vai com a namorada para a casa dos pais dela, em uma ocasião especial de festa. No entanto, as coisas começam a ficar bem estranhas.

Nós, (Us, 2019)

50+ Filmes com protagonismo negro

Outro ótimo terror social de Jordan Peele: Us acompanha uma família afro-americana em uma viagem de férias numa casa de praia. Chegando lá, a esposa Adelaide nota que um parque próximo à praia lhe parece familiar. Tudo fica ainda pior quando uma família misteriosa aparece no quintal da casa deles.

Ó, paí, ó (2007)

Em um cortiço do centro histórico do Pelourinho, em Salvador, os moradores vivem animados e compartilham tudo, principalmente a paixão pelo Carnaval, uma data em que eles buscam trabalho ou diversão. Os personagens, as situações e a ambientação: um retrato do Brasil como ele é.

O que Ficou para Trás (His House, 2020)

Neste longa de estreia de Remi Weekes o terror é recurso para contar uma história de fato aterrorizante. Permeado por problemas sociais, o longa é mais um sintoma social. Na trama, um casal escapa da guerra do Sudão e tenta se adaptar à nova vida de imigrante na Inglaterra. No entanto, a casa que eles vão morar no programa social inglês, parece estar mal-assombrada.

Conduzindo Miss Daisy (1989)

Atlanta, em 1948, uma rica judia de 72 anos é forçada pelo filho a contratar um motorista, após um incidente. O filho então contrata um motorista afro-americano para o cargo, que à medida que leva a mulher aos seus destinos, quebra as barreiras sociais, culturais e raciais que existem entre eles.

Green Book (2018)

O filme conta a história de Don Shirley, um pianista afro-americano de renome mundial, que embarca em uma turnê pelo sul dos Estados Unidos, em 1962, acompanhado de seu motorista italiano Tony Lip, que também será seu guarda costas, uma vez que eles passam por regiões perigosas em meio a uma era de segregação racial. Se você já assistiu ao filme, aqui contamos um pouco mais sobre Don Shirley.

Duelo de Titãs (Remember the Titans, 2000)

Em 1971, a diretora de uma escola do ensino médio em Alexandria, no estado da Virgínia, contrata um técnico negro para comandar o time de futebol americano da instituição para acompanhar a transição de adolescentes negros em um colégio só de brancos.

Coach Carter – Treino para a Vida (2005)

Em 1999, o dono de uma loja de artigos esportivos aceita ser técnico de basquete de sua antiga escola, localizada em bairro pobre. O homem impõe um regime rígido que vai além do mundo do esporte, onde as aulas trazem lições para a vida toda dos alunos.

À Procura da Felicidade (2007)

Inspirado em uma história real, o filme acompanha Chris, um pai solteiro que enfrenta sérios problemas financeiros, e precisa cuidar de seu filho de 5 anos. Assim, ele tenta usar sua habilidade como vendedor para conseguir um emprego melhor.

Fruitvale Station – a última parada (2013)

Oscar, um jovem carismático, foi preso após se envolver em problemas com a lei. Agora, sem emprego e sem dinheiro, ele tenta construir uma vida melhor para sua família.

Faça a Coisa Certa (Do The Right Thing, 1989)

Neste aclamado longa de Spike Lee, Sal, um ítalo-americano, é dono de uma pizzaria no Brooklyn, uma das regiões mais pobres de Nova York. O homem decora as paredes do estabelecimento com fotografias de seus ídolos dos esportes e do cinema, em sua maioria brancos ítalo-americanos, o que se torna o ponto central de conflito entre ele e Bugging’ Out, um ativista local.

Cores da Justiça (Black and Blue, 2019)

O longa trata de maneira pertinente a relação carregada de tensão entre cidadãos afro-americanos e policiais, onde a polícia é vista é constantemente vista como ameaça, e policiais negros são vistos como traidores pela comunidade negra. Daí a rivalidade entre “Black” e “Blue” (devido à farda). Uma policial afro-americana novata de Nova Orleans testemunha policiais corruptos assassinando um traficante de drogas, ato que é capturado pela sua body cam. Agora, ela é uma fugitiva da própria polícia.

Espiral – O Legado de Jogos Mortais (Spiral, 2021)

Nesta sequência de Jogos Mortais (SAW) com elenco predominantemente negro, um veterano de polícia e um detetive se unem ao novato Willem para desvendar uma série de assassinatos terríveis que estão perturbando a cidade. Durante as investigações, o detetive acaba se envolvendo no mórbido jogo do assassino.

Homem-Aranha no Aranhaverso (Spider-Man: Into the Spider Verse, 2018)

Uma das melhores animações já criadas de todos os tempos, este filme acompanha Miles Morales quando se torna o famoso herói Homem-Aranha em um universo paralelo do qual nós conhecemos. E com isso, ele precisa lutar para acabar com uma ameaça que atravessa várias realidades.

Django Livre (Django Unchained, 2012)

Um escravo que se libertou se junta com um caçador de recompensas alemão em busca de libertar a sua esposa, que é escrava de um brutal dono de uma plantação no Mississipi. A versão Quentin Tarantino sobre a época da escravidão.

Destacamento Blood (Da 5 Bloods, 2020)

Quatro veteranos de guerra afro-americanos lutam contra as forças do homem e da natureza quando retornam ao Vietnã em busca dos restos mortais de seu líder de esquadrão morto e da fortuna de ouro que ele os ajudou a esconder.

Queen & Slim (2019)

Um casal está em seu primeiro encontro, mas as coisas não saem como eles esperavam depois que um policial fazem eles encostar o carro.

Meu Nome é Dolemite (Dolemite Is My Name, 2019)

A história da lenda da vida real Rudy Ray Moore, um pioneiro da comédia e do rap que provou que os pessimistas estavam errados quando seu alter ego hilário e obsceno lutador de kung-fu, Dolemite, se tornou um fenômeno dos anos 1970.

Viagem das Garotas (Girl’s Trip, 2017)

Quatro amigas de infância saem em uma viagem para Nova Orleans com destino ao Essence Festival, um evento anual. Na viagem, elas descobrem seus lados selvagens, a amizade, bebidas, danças e muito mais.

A Fotografia (The Photograph, 2020)

Uma série com entrevistas de histórias de amor que se passam no passado e também no presente.

O Ódio que Você Semeia (The Hate U Give, 2018)

Uma garota testemunha o assassinato de seu melhor amigo de infância pelas mãos de um policial. Depois disso, enfrentando a pressão de todos os lados da comunidade, ela deve encontrar sua voz e defender o que é certo.

Ponto Cego (Blindspotting, 2018)

Quando sai em liberdade condicional, um homem começa a reavaliar seu relacionamento com seu melhor amigo volátil.

Os Bad Boys (Bad Boys, 1995)

Dois detetives modernos protegem uma testemunha de um assassinato enquanto investigam um caso de heroína roubada do depósito de evidências de sua delegacia. Filme conhecido por cenas de ação frenéticas e elementos de comédia. Recentemente ganhou uma sequência.

Amores Divinos (Eve’s Bayou, 1997)

Marido, pai e mulherengo, Louis Batiste é o chefe de uma família abastada, mas são as mulheres que governam este mundo gótico de segredos, mentiras e forças místicas.

Dreamgirls: Em Busca de um Sonho (Dreamgirls, 2006)

Um trio de cantoras negras de soul chegou às paradas pop no início dos anos 1960, enfrentando suas próprias lutas pessoais ao longo do caminho.

Para Garotas de Cor (For Colored Girls, 2010)

Cada uma das mulheres retrata uma das personagens representadas na coleção de vinte poemas, revelando diferentes questões que impactam as mulheres em geral e as mulheres negras em particular.

Notas de Rebeldia (Uncorked, 2020)

A história de um garoto que deve equilibrar seu sonho de se tornar um sommelier master com as expectativas de seu pai de que ele continue a churrascaria de Memphis da família.

Straight Outta Compton: A História do N.W.A (2015)

O grupo de rap NWA surge das ruas mesquinhas de Compton, em Los Angeles, Califórnia, em meados dos anos 1980 e revoluciona a cultura Hip Hop com sua música e contos sobre a vida no bairro.


Quantos títulos da nossa lista de filmes com protagonismo negro você já viu? Tem algum filme que você não encontrou na lista? Deixe sua indicação para a gente nos comentários aí embaixo! 🙂

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Star Wars: Galactic Cruiser, o hotel-passeio da Disney 5 Jogos em Pixel Art para Acompanhar Confira a crítica do filme Inititation Melhores Filmes de Suspense tensos e com reviravoltas Novos Jogos de Construção de Cidades para Acompanhar