Nerdizmo

Zelda Williams reclama sobre inteligências artificiais

Zelda Williams

A cineasta Zelda Williams, filha de Robin Williams, reclamou das propostas de Hollywood para o uso de inteligências artificiais para recriarem a voz de seu falecido pai – se colocando ao lado da SAG-AFTRA dentro das paralisações que o sindicato propõe. Ela diz estar bem preocupada sobre as ramificações que isso pode tomar e faz um apelo para que os estúdios contratem atores vivos para as funções que desejam.

Ela gravou um vídeo em seu Instagram falando sobre o assunto. “Eu não sou imparcial nesta batalha da SAG contra as IAs. Eu testemunhei durante anos quantas pessoas quiseram treinar estes modelos para criar e recriar atores que não podem consentir – como meu pai. Isso não é mais uma teoria, é muito real. Eu já ouvi sobre IAs que usam a voz dele para dizer o que quer que as pessoas queiram ouvir e eu acho pertubador, pessoalmente, as ramificações disso vão muito além dos meus próprios sentimentos”.

Indagações de Zelda Williams

Ainda em sua gravação, a profissional defende a contratação de pessoas vivas para determinados projetos. “Atores vivos merecem a chance de criar personagens com suas escolhas, de dar voz aos desenhos e colocar seu esforço humano e tempo dentro da performance. Estas recriações são, em sua melhor definição, um fascínio pobre de gente grande, mas ao pior, um monstro horrível ao maior estilo Franskenteniano – unindo tudo que a indústria representa de pior, ao invés daquilo que devia ser contra”.

Veja mais em Cinema!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments