Nerdizmo

Filmes raros mostram grandes artistas da história

Vídeos preto em branco registraram Monet, Degas, Rodin e Renoir em 1915

De Monet à Rodin: filmes raros mostram grandes artistas da história

Em 1915, o jovem ator russo Sacha Guitry, com uma câmera na mão, gravou um filme mudo de 22 minutos chamado Ceux de Chez Nous, no qual grandes artistas e autores da história debatem e criam suas obras.

Filmes raros mostram grandes artistas da história
Filmes raros captam a vida pessoal de grandes artistas da história | August Rodin, em 1915

O primeiro trabalho cinematográfico do ator e diretor são hoje filmes raros que apresentam, em seus anos crepusculares, Claude Monet, Pierre-Auguste Renoir, Auguste Rodin e Edgar Degas.

Monet pinta ao ar livre em seu jardim em Giverny, com um cigarro na boca, vestindo um terno branco, aos 74 anos.

Rodin aparece aos 75 anos, dois anos antes de sua morte, na escadaria do Hôtel Biron, hoje Musée Rodin. Em outra cena, esculpe em sua casa com um martelo e cinzel na mão, enquanto grandes trabalhos como “O Pensador” se encontram ao fundo.

Renoir, aos 74, pinta no seu estúdio em casa, ao lado do próprio Guitry. O jovem assistente que o ajuda com as paletas e pincéis é seu filho Claude, aos 14 anos.

Degas aparece caminhando pelas ruas de Paris, aos 81 anos, usando óculos escuros para proteger seus olhos quase cegos.

O filme centenário em preto e branco mostra retratos breves, mas fascinantes ao captarem uma visão pessoal das criações e vidas de artistas influentes da história.

Assista no player abaixo:

Veja também: O primeiro filme de um Eclipse Solar da história (1900)

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.