Nerdizmo

Artista do Gana retrata a escravidão em esculturas

Kwame Akoto-Bamfo é um artista que retrata a escravidão em esculturas. Suas esculturas ao ar livre dedicadas à memória das vítimas do tráfico de escravos.

Kwame Akoto-Bamfo é um artista plástico do Gana que retrata a escravidão em esculturas. Suas esculturas ao ar livre dedicadas à memória das vítimas do tráfico de escravos transatlântico está em exibição no Memorial Nacional para a Paz e a Justiça, inaugurado em 2018 em Montgomery, Alabama, EUA.

Entre 1650 e 1860, cerca de 10 a 15 milhões de pessoas escravizadas foram transportadas à força da costa ocidental da África para as Américas. A maioria, embalada como sardinha em navios, suportou uma jornada perigosa para as Índias Ocidentais, América Central e América do Sul.

Para retratar isso de forma educativa, ele expõe suas poderosas esculturas mundo afora.

“Como um ganense que está interessado e inspirado pela cultura ganesa e africana, eu sou uma testemunha viva do conhecimento que está sendo perdido no tempo. É por isso que eu sinto que é importante criar um repositório de nossa história e herança em uma ‘linguagem’ usando símbolos com os quais as pessoas possam se relacionar e entender “, explica ele.

Mais do que entender, sentimos na pele e no coração as desgraças que esses seres humanos sofreram durante esta época. E a arte dele exemplifica muito bem isso com realismo.

A escravidão em esculturas

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments