Nerdizmo

Visite a tumba do Faraó Ramsés VI recriada em 3D

Tour virtual fascinante te leva até a tumba do quinto faraó da vigésima dinastia egípcia

Visite a tumba do Faraó Ramsés VI recriada em 3D

A tumba do Faraó Ramsés VI foi recriada em 3D graças a um projeto do Ministério do Turismo e Antiguidades do Egito em parceria com institutos científicos e arqueológicos, que tem como objetivo levar a história do Egito às pessoas durante a quarentena.

Ramsés VI foi o quinto faraó da vigésima dinastia egípcia, cujo governo durou entre 1142 e 1135 a.C.

Nomeada KV9, ela está localizada no Vale dos Reis do Egito, uma região onde tumbas foram construídas para os faraós e poderosos nobres do Reino Novo, entre os séculos XVI e XXI a.C.

A estrutura subterrânea possui um longo corredor que leva ao sarcófago. É possível contemplar as artes e textos inscritos nas paredes e nos tetos, projetados para ajudar a jornada do rei na vida após a morte.

Dentre os textos funerários estão o Livro dos Portões, o Livro das Cavernas, Amduat e o Livro dos Mortos, de acordo com um comunicado do Ministério do Turismo do Egito.

Avançando com o mouse pelo local, você se depara com artes específicas no teto da tumba de Ramsés, que incluem cenas astronômicas.

Dentro da câmara funerária, o teto é dedicado à Nut, deusa egípcia considerada A Mãe dos Céus que acolhe os mortos de seu império, retratada com um disco solar, o qual ela está prestes a engolir.

Essa arte simboliza o pôr do sol. Em todo o corpo de Nut, doze discos solares representam a jornada diária de doze horas que o deus do sol realiza à noite no submundo antes que ele possa renascer.

Isso representa como o rei mortal poderia “alcançar um renascimento glorioso no horizonte oriental ao amanhecer”, explicam os responsáveis pelo projeto em 3D.

A tumba foi originalmente estabelecida pelo rei Ramsés V. Embora ainda não se saiba se ele foi ou não enterrado lá, ela acabou sendo tomada por Ramsés VI, seu tio, que expandiu a tumba significativamente e, ali, foi enterrado após sua morte.

Ainda de acordo com um comunicado dos responsáveis, as cabanas dos trabalhadores que construíram a tumba estavam na escadaria que levava à tumba do rei Tutancâmon.

“Em outras palavras, é graças à tumba de Ramsés VI que a tumba de Tutancâmon foi descoberta em 1922, com todos os seus tesouros mundialmente famosos”, diz o comunicado.

Faça o tour virtual neste link.


Encontre mais Tours Virtuais que você pode fazer diretamente da sua casa.


Leia mais sobre História!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Novos Jogos de Construção de Cidades para Acompanhar Casas na caverna estilo toca de Hobbit 5 lições que aprendemos com o Professor Polvo Star Wars: the Bad Batch ganha pôster