Nerdizmo

Mulher faz selfies durante 35 anos para documentar o envelhecimento feminino

Mulher faz selfies há 35 anos para documentar o envelhecimento feminino

Desde 1982, a norte-americana Nancy Floyd fez selfies em um projeto fotográfico que documenta o envelhecimento feminino, lançando luz sobre um assunto permeado por cobranças sociais por padrão de beleza.

Até 2017, ela tirou 1200 fotos de si mesma e as compilou em um livro chamado “Weathering Time”. De acordo com Nancy, se trata de “uma meditação sobre a passagem do tempo, a perda e o envelhecimento do corpo feminino”.

O projeto começou quando Nancy tinha 25 anos. Todas as manhãs, com a câmera instala em um tripé, ela fotografava a si mesma. O objetivo era manter um ritual diário por vinte anos, com a intenção de observar as mudanças pelas quais seu corpo passaria ao longo do tempo.

Mulher faz selfies há 35 anos para documentar o envelhecimento feminino

Com o passar dos anos, o tripé mudou de lugar, as fotos foram feitas com outras câmeras, as casas mudaram, a família aumentou, animais de estimação fizeram parte das selfies e Nancy até se fotografou ao ar livre em viagens ao redor do mundo.  

O projeto fotográfico acompanha a metamorfose da vida de Nancy, muito mais do que apenas as transformações de seu corpo em si. No fim das contas, “Weathering Time” mostra que as ambientações e pessoas nas fotos, sugerindo os momentos que a mulher viveu, são mais interessantes que seu corpo.

Dessa forma, o projeto traz um questionamento engrandecedor para quem vê as fotos: o que é mais importante, o corpo perfeito e o padrão de beleza alcançado ou os momentos que vivemos e com quem os compartilhamos?

Abaixo você confere um vídeo que apresenta todas as fotografias que documentaram 35 anos da vida de Nancy.

Veja mais sobre o projeto “Weathering Time” através do site oficial.

Mulher faz selfies durante 35 anos para documentar o envelhecimento feminino


Leia mais sobre Fotografia!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.