Nerdizmo

Harvard lista os cinco melhores exercícios físicos

A professora de medicina de Harvard, I-Min Lee, listou os cinco melhores exercícios físicos que podemos praticar.

Nenhum deles fazem parte das listas com atividades tradicionais que estamos acostumados, como musculação ou corrida. Ou seja, não é obrigatório acordar às 7 da manhã e correr uma maratona ou empurrar um pneu no Crossfit para se manter saudável.

Ufa.

No artigo “Starting to Exercise“, a professora apresenta atividades que vão de artes marciais chinesas a treinamentos de força, que são benéficos à saúde e ajudam na perda de peso, aumentam a massa muscular, fortalecem o coração, cérebro e os ossos.

 

Caminhadas

Journey

O relatório de Harvard indica que caminhar durante pelo menos 30 minutos reduz sintomas da depressão, fortalece a memória e o sistema cardiovascular, acelera o metabolismo e reforça o sistema imunológico.

Treinamento de força

One Punch-Man

Esse exercício emprega o uso do peso para criar resistência contra a gravidade. Pode ser feito com o próprio corpo, halteres ou pesos livres.

De acordo com Lee, todos podem e devem fazê-lo, mas de forma adaptada para cada caso.

O treinamento reduz a gordura corporal, aumenta a massa muscular magra, fortalece os ossos e ativa o metabolismo.

Tai Chi

Kung Foo Panda

Essa arte marcial chinesa combina uma série de movimentos lentos e delicados para criar uma espécie de meditação em movimento. A prática exige um alto grau de concentração e foca especialmente na respiração.

O exercício é recomendado para todas as idades, independentemente da condição física, pois são os praticantes que definem seu próprio ritmo.

Quem pratica Tai Chi experimenta relaxamento físico e mental, além de uma melhora significativa na flexibilidade, coordenação, equilíbrio e insônia.

Natação

Knuckles (Sonic)

Lee define a natação como uma atividade física perfeita, pois ela trabalha quase todos os músculos do corpo e não prejudica as articulações, como o caso da corrida.

Nadar regularmente de 30 a 45 minutos ainda ajuda a combater a depressão, diminui o estresse, fortalece o coração e protege o cérebro de possíveis doenças degenerativas, como o Alzheimer.

Exercícios de Kegel

Esses exercícios são essenciais para fortalecer um grupo de músculos (que incluem a bexiga, o útero, o intestino delgado e o reto) chamado de “assoalho pélvico”, que tende a se fragilizar conforme envelhecemos.

De acordo com o relatório, é recomendado praticar esse exercício de quatro a cinco vezes por dia.

 

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Ciência
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments