Nerdizmo

Fell Seal: Arbiter’s Mark | Review – Renova o melhor dos RPGs táticos

Fell Seal: Arbiter’s Mark renova o melhor dos RPGs táticos

Muitos jogos tentam seguir o legado de grandes títulos que deixaram saudades como Final Fantasy Tactics, Vandal Hearts e Ogre Battle. Fell Seal: Arbiter’s Mark é um dos poucos jogos que embarcam no excelente estilo JRPG de estratégia em turnos e consegue reviver com maestria o gênero que muitos idolatram.

O título laçado pela 6 Eyes Studio está disponível finalmente chegou ao acesso antecipado no Steam e, para um game ainda em desenvolvimento, entrega conteúdo o suficiente para te prender por dezenas de horas.

A caminhada de uma guerreira

A história acompanha uma guerreira chamada Kyrie, que é uma Arbiter — uma autoridade local que age como se fosse uma protetora da bela região em que o game se passa.

Há muitos personagens centrais e secundários os quais Kyrie encontra, e várias reviravoltas que mantém o jogador interessado no que acontecerá e nos encontros e desencontros que narrativa oferece.

Sistema de classes com excelentes recompensas e progressão primorosa

São mais de 20 missões no modo história, fora as 30 missões opcionais e 25 classes de personagens e mais de 200 habilidades para usar nos personagens.

Fell Seal: Arbiter’s Mark renova o melhor dos RPGs táticos

O sistema de classes funciona de forma muito semelhante ao Final Fantasy Tactics, sendo que o personagem adquire pontos de AP a cada batalha e pode usá-los para aprender novos poderes. À medida que as habilidades novas são destravadas, o personagem sobe de nível naquela “profissão” e outras classes também são liberadas. Um Mercenário que se desenvolve, por exemplo, pode se tornar um Cavaleiro. E assim por diante.

Cada unidade pode usar o seu conjunto de habilidades específico da classe e um adicional de qualquer outra classe que ele seja apto. Ou seja, você pode ser um Mago e usar também o conjunto de habilidades de um curandeiro como poderes secundários. Isso dá bastante dinamismo na hora de montar o seu grupo.

Você pode montar um exército bem distinto, por exemplo, com um curandeiro, um mago de ataque, um arqueiro, um cavaleiro e um templário. Tudo depende das suas preferências de classes e modo de jogo – se você curte mais magia, ataques de longe, de perto, ou mesclar tudo isso.

Fell Seal: Arbiter’s Mark renova o melhor dos RPGs táticos

Outro aspecto interessante em relação às unidades é que o game torna possível escolher a aparência de cada guerreiro. Significa selecionar o tipo de face, tom da pele, barba, cabelo, roupas, chapéus, assessórios, etc.

Narrativa embarcada com bons efeitos sonoros e uma bela arte feita à mão

A progressão da história segue em forma de pontos no mapa, que vão sendo liberados a medida que a narrativa se desenvolve. Assim, você pode caminhar com seu exército para pontos de interesse, cidades e batalhas para progredir ou, se tiver já vencido a fase em questão, pode treinar seu pessoal ao entrar novamente nas fases.

Como adicional aos muitos pontos positivos já citados por aqui, temos uma arte primorosa desenhada a mão. Tanto os personagens, que são bastante variados, quanto os monstros e o design de cada fase são muito bem construídos e bonitos.

Fell Seal: Arbiter’s Mark renova o melhor dos RPGs táticos

O som também não decepciona, e traz músicas orquestradas durante as batalhas que dão toda a atmosfera para o tipo e game em questão. Além disso, efeitos sonoros como o uso de espadas, pancadas, magias, etc, são totalmente condizentes com o gênero e com a proposta. O único ponto negativo a se destacar aqui é a eventual falta de efeitos sonoros em alguns momentos – coisas que os desenvolvedores certamente vão resolver até o lançamento da versão final, já que o game encontra-se em acesso antecipado.

Finalmente um game que faz juz aos clássicos RPGs Táticos

Quem já jogou Final Fantasy Tactics está totalmente em casa em Fell Seal. Quase absolutamente tudo no jogo lembra o clássico da Square-Enix. E isso é um grande elogio, levando em conta que estamos falando de um dos melhores games de JRPG já lançados na história.

É como se finalmente, depois de muitos anos de espera, tivéssemos a oportunidade de colocar as mãos em um sucessor espiritual que faz juz – com itens semelhantes, equipamentos usados da mesma forma, progressão de fases parecida e até mesmo o estilo de narrativa e level design. Tudo, claro, sem parecer aquelas cópias malfeitas, mas sim com um estilo único e sua própria singularidade.

Para deixar bem claro, Fell Seal é daqueles jogos que se inspiram nos melhores elementos de jogos de combate de turnos e cria o seu próprio mundo e peculiaridade de forma magistral – com uma bela arte, som, efeitos sonoros, progressão e jogabilidade.

Se você gosta de jogos de RPG no estilo estratégia por turnos, é mais do que obrigatório. É magnífico!

###

Leia também: Os 23 melhores games de RPG Tático de todos os tempos

Trailer

Fell Seal: Arbiter’s Mark

Desenvolvedoras  6Eyes Studio
Publicadora  1C Company
Plataformas  Microsoft Windows
Datas de lançamento  16 de agosto de 2018
Gênero  Estratégia/RPG
Modos de jogo  Single-player

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Tags:
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Star Wars: Galactic Cruiser, o hotel-passeio da Disney 5 Jogos em Pixel Art para Acompanhar Confira a crítica do filme Inititation Melhores Filmes de Suspense tensos e com reviravoltas Novos Jogos de Construção de Cidades para Acompanhar