Nerdizmo

Como cuidar de gatos idosos

O Dr. Uri Burstyn, conhecido também como Helpful Vancouver Vet, traz informações valiosas de como cuidar de gatos idosos em uma série de três vídeos.

O Dr. Uri Burstyn, conhecido também como Helpful Vancouver Vet, traz informações valiosas de como cuidar de gatos idosos em uma série de três vídeos publicados em seu canal do Youtube.

Ele informa as pessoas sobre como fazer carinho, alimentar e manter o conforto dos gatinhos.

Como os vídeos estão em inglês, nem todo mundo conseguirá entender tudo o que ele fala, então a gente compilou as principais informações dos vídeos em texto, abaixo de cada sequência, para que você possa cuidar do seu gato velhinho.

Saiba como cuidar de gatos idosos

Parte 1 – Carinho

Neste vídeo, o doutor comenta principalmente sobre como fazer carinho nos gatos. No caso, ele usa uma escovinha e diz para passar calmamente nas costas, evitando a espinha do gato. Ou seja, o centro da coluna.

Isso porque os gatinhos mais velhos tendem a perder massa muscular e também ter artrite, que significam dores nas juntas ou nas costas. Então, basta ter cuidado e fazer carinho evitando essas partes que podem ser dolorosas.

Ele também recomenda que as pessoas façam exames de sangue todo ano nos gatos, depois dos oito anos de idade – quando eles começam a ser considerados mais velhos. Isso permite detectar doenças antes de elas se manifestarem de fato. O que ajuda na hora de curar e também torna o tratamento mais barato.

Parte 2 – Alimentação

Para alimentar um gato mais velho, é interessante deixar um calço embaixo do pote de comida. Um certo degrau. Pode ser um livro, suporte, qualquer coisa.

Isso porque torna para o gato a alimentação mais confortável. Sendo que ele não precisa abaixar tanto e possivelmente sofrer dores quando faz isso.

Uri Burstyn diz que durante a vida do gato é bom variar de comidas, como tipos e sabores, para que quando ele cresça e fique mais velho não tenha problemas em comer determinados tipos de ração. Ou desenvolva certa “frescura” para um tipo ou outro de ração.

Além disso, o doutor comenta que depois dos dez anos de idade, é interessante alimentar os gatos idosos com ração molhada, pois além de ser menos calórica, oferece hidratação para os gatos. E os gatos mais velhos sofrem com este tipo de problema.

Parte 3 – Conforto

O conforto consiste em grande parte do prazer de um gatinho. Jovem ou idoso. Então, para mantê-lo confortável depois de velho, é sempre bom deixar uma caminha ou panos prontos para eles deitarem e dormirem no chão.

Como os gatos mais velhos desenvolvem dificuldade em pular em lugares que antes ele conseguia, outra dica é criar degraus para que ele consiga pular onde normalmente costumava quando mais jovem.

Normalmente os gatos mais velhos desenvolvem dores nas articulações, então é interessante tornar a vida deles mais fácil para que fiquem mais confortáveis.

Tem mais dicas de como cuidar de gatinhos idosos? Comenta aí!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Star Wars: Galactic Cruiser, o hotel-passeio da Disney 5 Jogos em Pixel Art para Acompanhar Confira a crítica do filme Inititation Melhores Filmes de Suspense tensos e com reviravoltas Novos Jogos de Construção de Cidades para Acompanhar