Nerdizmo

Clean Bandit é dona da música mais viciante do ano

“Rather Be” é a canção mais vendida de 2014 até agora

Clean Bandit é dona da música mais viciante do ano

Luke, Jack Patterson, Grace Chatto e Neil Amin-Smith

Uma das coisas boas de ouvir as playlists do Spotify são as dicas de bandas legais que aparecem por lá. Em uma dessas surpresas apareceu Clean Bandit, um quarteto britânico que mistura música clássica e música eletrônica com elementos pop.

Em uma espécie de fusão, na música de Clean Bandit há tambores, surdos, cellos, violinos e sintetizadores entrelaçados com composições clássicas de Beethoven, Dvorak e Mozart.

A banda é composta por Jack Patterson, Luke Patterson, Grace Chatto e Milan Neil Amin-Smith; e são eles que produzem as canções e convidam cantores para interpretá-las.

“Nós estamos em uma posição engraçada porque Grace e Neil são sérios músicos clássicos, mas eles apresentaram a mim e ao Luke (seu irmão mais novo e baterista da banda) um monte de música eletrônica que não conhecíamos. Eu estava mais para o nicho música eletrônica como Squarepusher e Autechre e Aphex Twin”, disse Jack Patterson à BBC.

Com apenas um disco lançado em 2014, o New Eyes, Clean Bandit tem bom gosto para os clipes que foram gravados em países como Cuba, Marrocos e Rússia. Confira algumas músicas a seguir:

Clean Bandit

Lançada em janeiro deste ano, a música “Rather Be”, com vocais de Jess Glynne, é a canção mais vendida de 2014 até agora e é a maior venda de um single lançado em janeiro desde “Spaceman” de Babylon Zoo, que alcançou a mesma posição em 1996.

Ótima para espantar o mal humor, a canção ficou quatro semanas no topo das paradas britânicas, passando a música “Someone Like You”, da cantora Adele, e vendendo mais de 600 mil cópias desde o lançamento.

Filmado em Cuba, o clipe de “Extraordinary” teve os vocais doces de Sharna Bass e segue a ideia de fundir o clássico com o eletrônico. A música tem tudo de óbvio de ambos os lados, mas é arquitetada de maneira tão elegante que toda a canção se encaixa perfeitamente.

O clipe de “Mozart’s House” foi gravado na Rússia e a música, além de contar com uma parte de “Quarteto de Cordas No. 21”, do próprio Mozart, carrega a veia cômica da banda. “Em nossa música há um monte de humor e algumas coisas que fazemos tem bastante tom de gozação, como a ‘Mozart’s House’. Ela não é uma música séria, é divertida”, contou Jack.

“Come Over” contou com a participação de Stylo G e tem uma pegada meio reggae. O cantor também dirigiu o videoclipe e as gravações aconteceram em Marrakesh, no Marrocos, e em Svalbard, na Noruega.

Para saber mais sobre Clean Bandit acesse o site oficial e o Facebook da banda.

Leia mais Dicas Musicais

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Star Wars: Galactic Cruiser, o hotel-passeio da Disney 5 Jogos em Pixel Art para Acompanhar Confira a crítica do filme Inititation Melhores Filmes de Suspense tensos e com reviravoltas Novos Jogos de Construção de Cidades para Acompanhar