Nerdizmo

Animação evoca o poder sentimental dos videogames

Animação evoca o poder sentimental dos videogames

Eric Power e Jeremy Messersmith evocam o poder sentimental que os videogames tiveram e ainda têm sobre os jogadores do mundo todo, em uma animação que funciona como uma verdadeira declaração de amor aos games.

É um sentimento universal, esse que nasce com a relação que construímos com os jogos, embora cada jogador tenha para si aquele título mais marcante.

A animação representa várias fases da evolução dos videogames e consoles, caminhando dos jogos antigos até os mais recentes: Street Fighter, Doom, Sonic, Space Invaders, Shadow of the Colossus, Zelda e muitos outros.

Curta-metragem é uma declaração de amor de um gamer de longa data

O curta-metragem é envolto por uma atmosfera nostálgica, já que se desenvolve como um relato de gamers de longa data, contando como os jogos foram importantes para eles ao longo da vida. Sendo assim, você certamente pode se identificar e até se emocionar.

A música está disponível no álbum “Mixtape for the Milky Way” de Messersmith. Power ainda afirmou que ele e Messersmith cresceram jogando os mesmos jogos na década de 1980.

“Jogo videogame desde meados dos anos 80, quando peguei um Atari pela primeira vez. Desde então, eles têm feito parte de muitas memórias queridas com amigos, bem como de aventuras sozinho. Quando estávamos conversando sobre o making of deste vídeo, perguntei a Jeremy se deveríamos fazer nossos próprios jogos ou apenas apresentar aqueles com os quais crescemos. Decidimos ir em frente e cada um fez listas de alguns de nossos favoritos. Esta foi uma curadoria muito difícil, pois minha intenção não era apenas mostrar uma seleção aleatória de jogos, mas também escolher momentos desses jogos que tivessem um significado particular para nós, ao mesmo tempo em que andava de mãos dadas com a música”, conta.

Em fliperamas, nas antigas locadoras de games ou em casa, sozinho ou com os amigos: no fim das contas, todo gamer sabe que os jogos foram peças fundamentais em diferentes fases da vida.

A gente cresce e entende que vida não é como nos videogames, mas quantas lições você pode dizer que aprendeu com eles e que podem ser aplicadas na vida real?

Animação evoca o poder sentimental dos videogames

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Star Wars: Galactic Cruiser, o hotel-passeio da Disney 5 Jogos em Pixel Art para Acompanhar Confira a crítica do filme Inititation Melhores Filmes de Suspense tensos e com reviravoltas Novos Jogos de Construção de Cidades para Acompanhar