Nerdizmo

A criatividade na arte de Doze Green após mudar para o Brasil

O dançarino de break mostra como sua criatividade aflorou depois da mudança

A criatividade na arte de Doze Green após mudar para o Brasil

A evolução do lendário b-boy e artista de rua Doze Green se mostrou intensa no quesito criatividade através de pinturas e desenhos, especialmente depois que ele se mudou para o Brasil.

O artista comenta:

“Esta coleção marca a evolução dos meus mais de 30 anos de trabalho em estúdio, originários do espaço liminar explosivamente criativo que me encontrei no início de minha carreira, tanto como escritor quanto como dançarino de break, fortemente influenciado por Dondi White, Rammellzee e outros grafites de meados dos anos 70. Luminares, tirando dessa época a essência e a energia da arte de rua de Nova York ”, diz o artista. “A Volta desconstrói e interroga simultaneamente a transição para o figurativo e abstrato dentro da minha obra pessoal e grafite contemporâneo. Arquétipos transcendentais e temas neoclássicos são reconfigurados pelo meu atual relacionamento expressivo com o mundo. A mudança para o Brasil moldou uma nova e mais profunda compreensão da minha linguagem visual, catalisando um novo relacionamento com cores, composições e figuras relacionadas à energia mítica, astrológica e poderosa do nosso legado visual afro-caribenho.”

A Allouche Gallery, de Nova York, criou uma exposição especialmente para os trabalhos dele, e destaca as suas principais artes.

Confira algumas abaixo.

As artes de Doze Green

Veja mais sobre Arte!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
ArteArte Moderna
Novos Jogos de Construção de Cidades para Acompanhar Casas na caverna estilo toca de Hobbit 5 lições que aprendemos com o Professor Polvo Star Wars: the Bad Batch ganha pôster