Nerdizmo

15 tecnologias que eram sensação mas desapareceram rápido

Impossível não lembrar e sentir aquela nostalgia

15 tecnologias que eram sensação mas desapareceram rápido

Havia muitas tecnologias que eram sensação quando eu era jovem. Algumas que pareciam ser extremamente revolucionárias, e que iam ficar muito tempo no mercado. Mas aquele “uau”, no fim das contas, não durou muito. E pouco tempo depois… “puf”, sumiram.

Muita coisa mudava a todo momento antes. Um exemplo disso eram os telefones. Existiam diversos designs. Dos mais loucos e extravagantes, até os mais discretos. Agora, todos seguem quase o mesmo padrão. São finos e retangulares, com uma pequena ou grande tela. São os chamados smartphones.

Todos os outros modelos são agora obsoletos. Saíram do mercado, saíram de moda. O mesmo acontece com diversos outros produtos do mercado – como você confere nas imagens abaixo.

Isso vem do pessoal do Reddit, que resolveu compartilhar algumas invenções que pareciam revolucionárias, mas que sumiram rapidamente do mercado.

Nas fotos abaixo, se você tem uns 25 ou mais anos, com certeza vai sentir a nostalgia bater. E talvez até se sinta um pouco velho.

Tecnologias que eram sensação e sumiram rapidamente

Bichinho virtual

Motorola Razr V8

Eletrônicos com carcaça transparente

Rádio Relógio

Sterilair

Pilhas que mostravam a quantidade de carga restante

MP3 Players com essas músicas

Telefones flip que começavam a conectar na Internet e você apertava 40 vezes pra cancelar e seus pais não ter que pagarem uma fortuna

TVs com VHS embutido

Filmes na tela minúscula do iPod

Discman (esse durou bastante e foi grande sucesso)

DVD Players portáteis

CD Players que cabiam diversos CDs

Pager

Microfone de PC antigo

Veja mais sobre web!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Mundo GeekWeb
Confira a crítica do filme Inititation Melhores Filmes de Suspense tensos e com reviravoltas Novos Jogos de Construção de Cidades para Acompanhar Casas na caverna estilo toca de Hobbit 5 lições que aprendemos com o Professor Polvo